#29 A dolorida verdade que nos faz felizes

por | jul 22, 2019 | 12 Comentários

Temos uma enorme capacidade ao autoengano. Nos contamos mentiras tão fajutas, que somente uma pessoa muito a fim de acreditar nelas aceitaria as merdas que dizemos a nós mesmos. E o que é pior: as repetimos acreditando nelas todas as vezes que as dizemos. Pobre de nós, vamos nos tornando mestres na arte de nos enganar. Infelicidade. O resultado não poderia ser outro.

A razão número um pela qual inventamos desculpas esfarrapadas e nos especializamos em mentir descaradamente para nós mesmos, é que queremos evitar dores. Algumas verdades a respeito de quem somos podem ser doloridas. Para evitar dores escolhemos nos refugiar na ilusão. Mentiras trazem alívio temporário para a dor que não queremos sentir, mas nos lançam no cárcere do autoengano e nesta prisão a vida real se perde.

Não há um outro caminho para saúde mental e emocional e, por consequência, para uma vida feliz, senão pela via da honestidade consigo mesmo. A dor de dizer a nós mesmos determinadas coisas é redentora. Nos redime das fantasias, das máscaras, das crenças, deste monte de porcarias unicamente criadas para nos manter longe da verdade que precisamos encarar.

Disse um dia um certo carpinteiro nascido numa inexpressiva cidade do mundo antigo: “e conhecereis a verdade e ela vos libertará”.  A mentira alivia, só a verdade liberta, especialmente aquela sobre nós mesmos.

12 Comentários

  1. SULYVAN

    E um desafio se DESiludir…
    A ilusão sobre nós nos adoece e nos entorpece…
    Só a verdade encarada de frente nos pode libertar.
    Parabéns pro texto Edu

    Responder
    • Eduardo Pedreira

      Valeu amigo isso mesmo

      Responder
    • CARLA VALERIA CARDOSO BAPTISTA RIBEIRO

      Pastor, só tenho uma coisa a dizer: perfeito!

      Responder
      • Eduardo Pedreira

        Pois querida amiga, este texto foi partido com muitas dores e alegrias

        Responder
  2. Alexandre de Lima.

    …sempre admiro a autenticidade, mas, sempre a vi e busquei pratica-la na  direção externa, agora dirigi-la  para dentro, ser autêntico comigo mesmo é desafio raro, portanto, digno de observação. Grato pela Gota dessa semana!

    Responder
  3. Darcy Carvalho

    A verdafe está posta; agora tenho que encará-la. AÍ é que pega. Mas vamos nessa. Tudo pela arte de ser feliz.

    Responder
  4. Miriam

    Já passei por experiencias assim e o meu grade desafio foi: Me livrar de me mesma e encarar a vida vivendo essa verdade citada no teto. Fui liberta!!!

    Responder
  5. Márcia Roberta Amon da Cunha de Sousa Silva

    Sempre fugimos de nós mesmos.A verdade revela que somos fracos e imperfeitos, mas queremos aprovação o tempo todo. Ser admirado ou criando pequenas mentirinhas para ser aprovado em determinados lugares, ou pra calar a nossa a consciência. Vale a pena?

    Responder
  6. Cláudia S.

    “As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo.”

    Epicuro

    Responder
  7. André Matta

    Nosso cérebro precisa de recompensa. Assim que ele funciona: punição versus recompensa. Quando não encontramos recompensa ao nosso redor somos tentados a mentir para nós mesmos. O pensamento lógico pode evitar voluntariamente esse processo mas é preciso exercita-lo.

    Responder
    • Gilda Mesquita

      São poucas pessoas que buscam a verdade sobre si mesmo.. Curioso isso !!!

      Responder
  8. Ameliana de Carvalho

    Feliz aquele que não tem medo de dizer a verdade, em lugar de inventar desculpas. O grande problema está nas pessoas que não gostam de ouvir a verdade.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se com seu endereço de e-mail para receber novidades e lançamentos em primeira mão!