#21 Cuidado! A maneira como nos relacionamos com o dinheiro pode destruir nossa felicidade

por | maio 27, 2019 | 5 Comentários

Existem três cuidados que devemos ter na nossa relação com o dinheiro. Se vacilarmos, então, estaremos prescrevendo para nós mesmo a receita da infelicidade

Poder. Não importa a quantidade, o dinheiro sempre dá poder a quem o tem. Mesmo na pobreza, quem gera renda ocupa uma posição de poder dentro das relações. Nem todo mundo sabe lidar com o poder. Como uma erva daninha que vai matando sutilmente o jardim, o mal uso do poder que o dinheiro traz corrompe as relações. Então, “felicidade foi-se embora”.

Segurança. Quanto mais dinheiro, mais segurança. Até aí tudo bem. O problema é quando trocamos uma vida com propósito por uma vida simplesmente segura. No extremo desta busca por segurança, começamos a aceitar situações que roubam nossa dignidade, violentam nossa essência, ferem nosso propósito. Então a felicidade nos escapa pelos dedos.

Preço. Há uma diferença entre preço e valor. O dinheiro precifica tudo. Mas nem sempre é capaz de nos ajudar a perceber o valor. Curiosamente, as coisas mais valorosas da vida não têm preço, não podem ser compradas com dinheiro. O sorriso, o afeto, o carinho, o respeito, o abraço que mata a saudade, o fazer amor com a pessoa amada… nada disso tem preço, mas tem um inestimável valor. O dinheiro coloca preço. A felicidade está no valor.

5 Comentários

  1. Hulisses

    Gostei mt da colocação do medo.

    Responder
    • Miriam

      #21 texto maravilhoso! Cada palavra comentada abre os nossos olhos para a importância da relação com o dinheiro ser o mais saudável possível. Gostei muito do comentário da palavra “Preço” A felicidade está mesmo valor.

      Responder
  2. Darcy Carvalho

    Colocação precisa, objetiva e muito sábia. Quantas coisas na vida que nāo têm preço, mas deixamos de dar-lhes valor

    Responder
    • Israel Martins Ferreira

      ” O dinheiro coloca preço. A felicidade está no valor.”

      O conflito entre preço e valor é constante em nossas vidas, é fundamental saber q diferença entre eles.

      Muito bacana o post, obrigado

      Responder
  3. Cláudia

    “A felicidade não se encontra nos bens exteriores.” Aristóteles

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se com seu endereço de e-mail para receber novidades e lançamentos em primeira mão!