#18 Sabe qual é o trabalho mais feliz de toda Inglaterra?

por | maio 6, 2019 | 4 Comentários

O de florista. Isto mesmo que você leu! De acordo com uma pesquisa feita na terra da rainha, as pessoas que montam arranjos, decoram ambientes, lidam com flores na exuberância de suas cores e perfumes, embelezam espaços… apresentaram um grau de satisfação mais profundo do que quaisquer outras. Como explicar isso? Tenho duas hipóteses.

As atividades mais ligadas ao sublime, à arte, à beleza, ao imaterial, ao coração, às coisas da alma, ao invisível, ao essencial, ao emocionante, ao lúdico, ao relacional, ao transcendente, ao bem-estar humano, ao ético… tendem a trazer mais felicidade. Existem trabalhos que nos oferecem isso facilmente, outros precisamos lutar para descobrir alguma dessas coisas.

As pessoas felizes profissionalmente são aquelas que têm o privilégio, a coragem, a competência de construir uma trajetória na qual o dinheiro e o status não são os únicos fatores decisivos. São felizes pois sua atividade está afinada com seus dons, talentos, aptidões naturais. Você pode imaginar quão infeliz seria para um florista ter que ganhar a vida em uma atividade que lhe exigisse fazer cálculos matemáticos (e vice-versa)?

Você vai se surpreender ao descobrir nesta pesquisa quais foram as profissões nas quais se encontraram o maior número de pessoas infelizes. O que não nos surpreende mais é constatar que bem-aventuradas são as pessoas que encontram no trabalho um caminho de felicidade.

4 Comentários

  1. Gerson

    Ah, que coisa boa …ótima meditação , caro amigo Eduardo ! À meia feliz das atividades humanas também é a primeira : cuidas do Jardim. O Eterno seja contigo ! 🤗

    Responder
  2. Renato

    Que maravilha logo no início da semana!
    A felicidade naquilo que realizamos repetidamente, envolve a capacidade de acessar muitas emoções positivas, incluindo o otimismo, a esperança, a confiança, a gratidão e a inspiração.
    Há quem me critique, mas sou admirador do pensamento lacaniano!
    “Por nossa posição de sujeito, sempre somos responsáveis.
    O sujeito é responsável pelo seu próprio gozo.” Jacques Lacan

    Responder
  3. Alice Cirino

    Fantástica essa pesquisa! Interessante incrível como cuidar de flores, decorar, fazer arranjos contribuem para a felicidade!!

    Responder
  4. Miriam

    Enquanto lia o texto, veio a minha mente Kizy, minha sobrinha. Nunca vi alguém tão feliz!Trabalha com artes.Fez Designe interiores incentivada pela avó, que percebeu a aptidão.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se com seu endereço de e-mail para receber novidades e lançamentos em primeira mão!